Branca Flor Leite, é exemplo vivo de serviço a Deus e aos irmãos, sublinhado na semana do consagrado 2015

Branca Flor Leite, auxíliar do Apostolado
Branca Flor Leite, auxíliar do Apostolado

A Voz de Santo Ildefonso, procurou, um exemplo de consagração a Deus, numa semana dedicada aos consagrados. Branca Flor Leite, auxiliar do Apostolado, a exercer funções no Seminário do Bom Pastor, é o exemplo vivo desta vocação. Após uma conversa acerca deste tema, Branca Flor partilhou o seguinte: “A morte repentina, do meu pai, que fez-me pensar a sério na vida. Uma colega de escola que falou-me numa vocação, a de auxiliar do Apostolado. Eu aderi e comecei então a formação  que é muito ligada à diocese, ligada ao bispo diocesano, que chama depois as suas auxiliares para o serviço da Igreja na diocese e mesmo universal. Somos leigos, cada um vive na sua profissão normal, como um leigo qualquer, mas sempre nessa entrega total a Deus, através do chamamento do bispo diocesano. Depois estamos disponíveis para aquilo que ele achar que é melhor fazermos. Reformei-me como professora do ensino primário. Foi o Sr. D. Júlio que me chamou para o seminário e a partir daí tenho estado ao serviço do seminário diocesano, enquanto for essa a intenção do bispo da diocese. Encontram-se dificuldades no ambiente geral, mas uma pessoa que se deixa interpelar continuamente pelo Espírito Santo e pela ação de Deus  não se deixa influenciar por isso, porque Deus é mais forte e está sempre connosco. Ele disse, não tenhais medo que eu estarei convosco até ao fim dos tempos. Nós temos de acreditar, e é assim que continuamos no dia a dia. Para mim o que é preocupante é a sociedade atual que vive de uma maneira, consumista, imediatista e relativista, e é por isso que depois se torna mais difícil, as pessoas deixarem-se encontrar por Deus. Sou completamente feliz nesta vocação e se voltasse atrás, voltaria ao mesmo. O que interessa é sermos servidores na alegria do Evangelho, é estarmos ao serviço, até ao encontro final com Jesus Cristo.”   Ficam nestas palavras, o testemunho do ser consagrado.