SÍNODO DOS BISPOS: FAMÍLIA

O que é o Sínodo dos Bispos?

O Sínodo é uma Assembleia de Bispos, convocada e presidida pelo Papa para tratar de temas de interesse de toda a Igreja, e colaborar, assim, com o Santo Padre no governo da Igreja. O Sínodo Ordinário se reúne a cada três anos, e o Extraordinário depende de uma decisão do Sumo Pontífice. Após o Sínodo o Papa emite um documento chamado Exortação Apostólica onde resume e aprova as principais conclusões que os Bispos chegaram no Sínodo.

O Sínodo dos Bispos foi instituído pelo Papa Paulo VI, por Carta Apostólica, poucos meses antes do fim do Concílio Vaticano II (1962-1965). Com o novo instrumento dos sínodos, Paulo VI queria estreitar as relações do papa com os bispos e criar um fórum para questões urgentes.

A I Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos teve lugar em 1967. Em 1969, ainda no tempo de Paulo VI, ocorreu a I Assembleia Geral Extraordinária, sobre “As Conferências episcopais e a colegialidade dos Bispos”. Desde 1985 que não se realizava uma Assembleia Geral Extraordinária. Nesse ano, convocada por João Paulo II, no vigésimo aniversário da conclusão do Concílio Ecumênico Vaticano II, realizou-se a II Assembleia sinodal desse tipo, tendo como tema “A aplicação do Concílio Vaticano II”.

Desde 1967 foram realizados 13 sínodos ordinários e dois extraordinários no Vaticano. O mais recente sínodo ordinário, a XIII, realizou-se em outubro do ano passado, tendo como tema “A nova evangelização para a transmissão da fé cristã”.

III Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos

O Papa Francisco convocou a III Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos no Vaticano, para refletir sobre o tema dos desafios pastorais da família no contexto da Evangelização.
Este Sínodo da Família terá duas etapas. A primeira, realizada do dia 5 a 19 de outubro, terá como objetivo avaliar e aprofundar as sugestões vindas das Dioceses, em resposta ao questionário do Documento Preparatório.

O Sínodo Ordinário acontecerá em outubro de 2015 e deverá concluir os trabalhos iniciados no Sínodo Extraordinário deste ano (2014) e encontrar as linhas de ação pastorais para apresentar ao Santo Padre. Trata-se de um único Sínodo realizado em duas etapas. O Sínodo Extraordinário deste ano terá como tema: “Os Desafios Pastorais da Família no Contexto da Evangelização” e contará com a participação dos Presidentes das Conferências Episcopais de todo o mundo, mais Cardeais, Bispos, peritos, assessores nomeados pelo Papa Francisco e representantes de outras igrejas, convidados pelo Papa.
Os encontros terminarão no domingo, dia 19 de outubro, com a beatificação do Papa Paulo VI, que, além de concluir o decisivo Concílio Vaticano II, instituiu o Sínodo dos Bispos.

IN: “Devoção e Fé»